Sustentabilidade é...

Leia mais sobre este assunto em:
Vai para o link externo Planeta Sustentável

Livro

Seis Graus


Editora Jorge Zahar
"O aquecimento global não significa apenas que haverá um leve aumento na média de temperaturas. O sistema em que a Terra funciona pode mudar radicalmente"
  Mark Lynas  
 
Documentário

SOS Aquecimento Global

As pesquisas apresentadas no livro, foram mostradas no documentário "SOS Aquecimento Global" no Nat Geo (canal de TV da National Geografic)
[*] Mark Lynas é um autor britânico, jornalista e activista ambiental que se interessa pelas mudanças climáticas. É licenciado em História e Política pela Universidade de Edimburgo. Nasceu nas Ilhas Fiji em 1973 e vive em Oxford, na Inglaterra. Foi escolhido pela National Geographic como o Explorador Emergente de 2006.
 Empresa Responsável

Mais 
Classicos
   

login

Planeta Vivo Planeta Vivo Planeta Vivo Precisamos enxergar, ter atitude e ação!
ós estamos poluindo. Continuamos poluindo. Continuamos irresponsáveis. Os cientistas afirmam que, como conseqüência, a temperatura global média pode subir seis graus centígrados no próximo século. As mudanças climáticas já podem ser sentidas e observadas. Você não percebeu? Se você mora neste planeta, com certeza já percebeu e já está sofrendo com tais mudanças. É melhor ir enfrente...

Produzimos lixo

enquanto você lê este texto, alguns milhões de toneladas de lixo  são produzidas pelo homem em suas diversas atividades pelo mundo. Trabalho, lazer, vida..parece que tudo o que fazemos produz lixo e o lixo que produzimos não é apenas sólidos, são gases também. E, pior, acabamos com a frágil natureza que pode fazer o equilíbrio e que pode nos dar o alento da preservação. Os cientistas afirmam que, como conseqüência, a temperatura global média pode subir seis graus centígrados no próximo século e isto significa uma catastrofe irreversível.

Onde vamos parar...

esmo que as emanações de gases que causam o efeito estufa acabassem agora (imagine um milagre), mesmo que o mundo dos homens parasse agora, continuariamos em processo de aquecimento, pois com as concentrações já presentes na atmosfera o aumento global de 0,5 a 1 grau centígrado seria inevitável.
Mas o que aconteceria se a temperatura subisse mais um grau? Segundo Mark Lynas *(veja quadro ao lado), autor de “SIX DEGREES” (Seis Graus), as mudanças deixariam de ser graduais. O que é assustador, é que este processo já começou e estamos perto desta proxima etapa. Com o aumento de mais um grau Celsius as geleiras da Groenlândia e algumas ilhas baixas começariam a desaparecer. E toda forma de vida na Terra começa a mudar. A vida selvagem e marinha é a primeira a sentir. Cadeias inteiras começam a ser quebradas. Uma forma de vida extinta põe em xeque outras e assim sucessivamente. Com um aumento de três graus centígrados, o Ártico ficaria sem gelo durante os verões; a selva tropical da Amazônia começaria a secar e as temperaturas altíssimas seriam normais. A vida vegetal não é só Amazônia. O mapa dos alimentos deve ser alterado. Regiôes produtivas passam a ser não produtivas. Um aumento de quatro graus centígrados faria o nível do mar subir de modo considerável. Se somarmos mais um grau, viveríamos o fim das mudanças climáticas. As zonas que eram temperadas seriam inabitáveis. Os seres humanos entrariam em guerra pelos recursos naturais restantes. Com seis graus de aumento da temperatura a vida na Terra passa a sofrer sérias hostilidades. O dom e a graça da vida passa a ter peso insuportável. Estamos perto do Juízo Final. Os oceanos seriam lixeiras marinhas, os desertos dominariam a Terra e as catástrofes seriam comuns, quase que diariamente.

Temos saída?

aso o comportamento e atitudes dos humanos continuem (há a possibilidade de piorar, pois o crescimento da população e da industria para atender esta população continuam a crescer) chegaremos inevitavelmente em um ponto em que não se pode mais voltar atrás. A desgraça será irreversível. Veja abaixo como pode ser o andamento e consequências do aquecimento:

A escalada do fim (Resumo)


+1 grau - Ártico sem gelo no verão; país de Bengala embaixo d'água na maré alta; furacões no Atlântico Sul; desertos no oeste dos EUA.
+2 graus - Derretimento das geleiras da Groenlândia; risco de extinção dos ursos polares; migração de insetos para novas áreas; desaparecimento das ilhas Tayalu, no Pacífico; extinção da maior parte das barreiras tropicais de coral.
+3 graus - Secas e incêndios na floresta Amazônica; fim da neve no topo dos Alpes; fortes ondas de calor no Mediterrâneo e Europa; instabilidade climática; tempestades e furacões de categoria 6.
+4 graus - Constante aumento no nível dos oceanos, com devastação de países como Egito e Bangladesh e completa submersão de Veneza; derretimento das geleiras do Himalaia e conseqüentes inundações no rio Ganges, com posterior escassez de água; desmoronamento das geleiras da Antártica; desastres em regiões costeiras em função do aumento de 1 metro no nível do mar.
+5 graus - O fim das mudanças climáticas; zonas temperadas inabitáveis; possível guerra pelos recursos naturais que sobrassem.
+6 graus - Seria o fim da vida na Terra como a conhecemos hoje, com desertos por todos os lados e catástrofes diárias.